Pentasa – Para que Serve, Como Usar, Preço e Onde Comprar?

Pentasa é um medicamento indicado para tratar doenças inflamatórias intestinais, o princípio ativo dessa medicação é a mesalazina, ela atua como anti-inflamatório na parede intestinal do aparelho digestivo. Esse medicamento possui quatro diferentes formulas no mercado, sendo elas comprimidos com microgrânulos de ação prolongada, enemas, supositórios e sachês. Cada qual é indicada para diferentes tratamentos.

Onde comprar mais barato?

Afim de comprar esse medicamento mais barato, assim como outros, é necessário fazer uma pesquisa e comparar preços dos diferentes locais.

Uma boa dica, como essa medicação costuma ser cara, é fazer sua compra online, pois além de descontos, as drogarias online costumam oferecer o parcelamento do valor, no cartão.

A loja 4 bio possui a caixa com 30 sachês de 2 g por cerca de R$390, caixa com 28 supositórios + luvas por cerca de R$270. A mesma loja possui caixa com 50 comprimidos de 500 mg por cerca de R$ 165 e caixa com 7 frascos de enema por cerca de R$100.

Para que serve o Pentasa?

Pentasa é indicado como anti-inflamatório para tratar inflamações no sistema digestivo, também é indicado para prevenir e evitar que elas voltem a acontecer.

O Pentasa em comprimidos é indicado para inflamações nas camadas mais superficiais do intestino grosso e no reto, e para tratar a doença de Crohn.

O sachê dessa medicação é indicado para tratar inflamações crônicas nas camadas mais superficiais do intestino grosso e no reto, em pessoas maiores de 18 anos.

O Pentasa Enema é indicado para tratar doenças inflamatórias intestinais crônicas, no cólon e reto.

A versão supositório é indicada para tratamento de inflamações no reto.

Preço do Pentasa

Uma caixa com 50 comprimidos de 500 mg de Pentasa costuma custar entre 160 e 330 reais. Uma caixa com 28 supositório de 1 g + luvas costuma custar entre 270 e 580 reais. Uma caixa contendo 7 enemas em frascos de 100 ml costuma custar entre 100 e 200 reais. Uma caixa com 30 sachês de 2 g desse medicamento costuma custar, em média, entre 390 e 770 reais.

Como usar o Pentasa?

Comprimidos

Adultos podem ingerir até 4 g de Pentasa por dia, divididos em doses ao longo do dia, já crianças, devem ingerir de 20 a 30 mg/kg de peso corpóreo por dia, divididos em doses diárias. Os comprimidos de Pentasa não devem ser mastigados e podem ser dissolvidos em cerca de 50 mL de água, para facilitar a administração.

Sachês Adultos podem ingerir até 4 g por dia, divididas em duas (de 2 g) ou quatro (de 1 g) doses ao dia.

O sachê deve ser aberto e logo em seguida, seu conteúdo deve ser esvaziado na língua, e deve ser tomado com água. Nunca se deve dissolver o conteúdo na água, ou qualquer outra bebida, antes de ingeri-lo.

Enema

Adultos devem usar um enema ao deitar. Não se deve utilizar mais que 4 g diárias.

É recomendado evacuar antes da utilização do enema, logo em seguida, ao deitar, o invólucro de alumínio deve ser removido e o frasco deve ser bem agitado. Para abri-lo o aplicador deve ser girado em sentido horário até dar uma volta completa. Afim de proteger a mão, um saco plástico ou luvas devem ser utilizados. Logo após, a pessoa deve se deitar para o lado esquerdo, com a perna esquerda esticada e a direita dobrada. Com cuidado o aplicador deve ser introduzido no reto e o conteúdo deve ser inserido, pressionando o frasco. Depois de estar vazio, o aplicador deve ser retirado, com o frasco ainda pressionado. Para o conteúdo ser bem absorvido, deve-se permanecer relaxado e deitado durante de 5 a 10 minutos. O frasco deve ser envolvo em um saco plástico e descartado em seguida.

Supositório

Adultos devem usar um supositório uma ou duas vezes ao dia, durante 4 semanas. Não se deve utilizar mais de 4 g do medicamento, por dia.

É recomendado evacuar antes da utilização do supositório.

O supositório deve ser retirado do blíster, e com a ajuda dos dedos (protegidos por dedeiras) deve ser introduzido no reto até que se sinta resistência e que ela desapareça. Para facilitar sua utilização, pode ser umedecido com água ou com lubrificante a base de água. Caso o supositório seja eliminado até 10 minutos após sua colocação, outro deve ser colocado em seu lugar. O invólucro e a dedeira devem ser descartados logo após seu uso.

Efeitos colaterais do Pentasa

As principais reações que quem utiliza Pentasa sofre são dor de cabeça, dor abdominal, náusea, vomito, diarreia e lesões na pele.

Composição do Pentasa

Um comprimido de 500 mg de ação prolongada de Pentasa possui 500 mg de mesalazina. Excipientes: povidona, etilcelulose, estearato de magnésio, talco e celulose microcristalina.

Quantas Estrelas Vale Este Artigo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 2,00 out of 5)
Loading...