Estrias

A busca pelos cuidados com a pele e o corpo aumenta dia após dia. Muitos homens e mulheres estão cada vez mais a procura de tratamentos estéticos especializados, seja para combater celulite, manchas na pele, estrias e até mesmo empinar o bumbum.

Engana-se quem pensa que apenas as mulheres recorrem aos tratamentos em clínicas de estética. Muitos homens também são vaidosos e se cuidam, isso vem se tornando cada vez mais normal.

Entre todos os problemas que envolvem a estética da pele e do corpo,  um dos que mais  incomoda os indivíduos são as temidas estrias, seja ela branca ou vermelha, não importa. Mas graças ao desenvolvimento científico e tecnológico existem tratamentos contra ela.

Sintomas

Os sintomas das estrias são bastante conhecidos e se resumem a cicatrizes que se formam na pele em resposta a destruição das nossas fibras de elastina e colágeno na pele.

Na maioria dos casos as estrias são formadas em consequência ao estiramento da pele .Elas podem ser vermelhas,  brancas,  coçar ou até mesmo arder, mas na maioria dos casos não apresenta-se nenhum outro tipo de sintoma mais grave.

            Causas

As estrias geralmente costumam se manifestar no abdômen, coxas, bumbum, braços, costas e até mesmo no peito. As pessoas que possuem uma cor de pele mais escura podem apresentar estrias mais escuras e salientes devido a sua pigmentação.

A pele,  maior órgão do corpo humano, possui a capacidade de esticar-se ou encolher-se de acordo com o nosso crescimento. Entretanto essa flexibilidade possui limite. Um crescimento muito rápido provoca estrias que são nada menos que lesões  na pele.

-Aumentar o peso rapidamente: O rápido ganho de peso é um dos principais causadores das  estrias, principalmente no qual e abdômen.

            -Gravidez: Outro grande causador dessas cicatrizes é a gravidez. Na maioria  dos casos a mulher grávida ganha estrias nos seios e no abdômen, os dois lugares que esticam.

-Rápido aumento de massa muscular: O crescimento acelerado dos músculos, devido a academia ou qualquer outra atividade física também pode ser agente causador.

-Puberdade: Na puberdade os adolescentes desenvolvem seu corpo o que pode acarretar em estrias nos seios, coxas e quadril.

Esses são algumas das causas mais comuns que levam ao desenvolvimento das estrias. Todas elas ligadas a fatores que fazem com que a nossa pele se estique muito rapidamente.

            Tratamentos

De acordo com os  os principais  de dermatologistas  do país, os melhores tratamentos para as estrias são aqueles que associam as suas técnicas de acordo com a cor e tipo da estria. Isso é o que vai garantir a resposta do tratamento.

Existem vários tratamentos disponíveis no mercado. No entanto o ideal é que antes de iniciar qualquer um deles você passe por um dermatologista, para que ele possa analisar seu caso e indicar qual a melhor opção para o seu problema.

– Laser: Os tratamentos de laser Age de modo a estimular a produção de colágeno e elastina no corpo. Ele  é mais eficaz se feito nas primeiras fases da estria, essa medida costuma apresentar ótimos resultados.

-Ácidos: O ácido retinoico também ajuda na reconstrução do colágeno , porém Pode ser que ele causa efeitos colaterais como irritação da pele. É proibido para mulheres gravidas e também não se pode tomar sol durante o tratamento.

            – Peeling: O peeling também é uma ótima alternativa para esse problema, ele age de modo semelhante aos ácidos, porém é bem mais intenso e eficaz.

Microdermoabrasão:  Esse tratamento envolve cristais que tem como objetivo lixar a pele para remoção das células descamadas, desse modo a camada superior da pele é removida e uma nova pele mais elástica cresce.

Esses são alguns tratamentos disponíveis para quem sofre de estrias, se você tem esse tipo de problema procure um médico especialista e descubra qual tratamento melhor se encaixa ao seu caso.

Quantas Estrelas Vale Este Artigo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)

Loading...

Talvez você se interesse por:

Este artigo foi lhe útil? Clique no G+1. É muito importante para nós!