Amoxicilina – Para que Serve, Como Tomar, Preço e Onde Comprar?

Amoxicilina é um famoso antibiótico e seu composto atua aniquilando uma ampla gama de bactérias sensíveis que acabam criando infecções as quais se manifestam em diversas partes do corpo. A Amoxilina pode ser achada em outros nomes, como: Amoxifar, Amoxil, Novocilin, Velamox, Amoximed e também Amoxina.

Onde comprar mais barato?

É um remédio que não tem um valor alto, porém vale lembrar que o preço pode mudar ou em função da fórmula ou em decorrência de qual laboratório foi produzido. O preço mais baixo é de R$7,00 que pode ser achado em qualquer farmácia e possui embalagens com 15, 21 ou 30 unidade, mas isso na condição de pílulas. Já os pós orais podem ser encontrados em 125mg, 250mg ou 500mg, porém os preços são bem semelhantes a versão em pílulas.

Para que serve a Amoxicilina?

A Amoxicilina é famosa por combater bactérias que causam variadas infecções como gonorréia, urinária e intestinal, salmonela, meningite, etc. Além disso, também pode ser administradas para tratar de gastrite, faringites, cistite e até clamídia na gravidez. Porém se a amoxicilina tiver clavulanato na composição, é muito indicada para infecções de pele por meio de mordida, celulite e pneumonia.

Preço da Amoxicilina

Os preços são variados, porém pode ser achado por um valor bem baixo. O medicamento oscila de valor basicamente pelo que contém na fórmula e principalmente por onde é produzido. O lugar mais conhecido por produzi-lo é a Medley. O valor mais baixo pode ser encontrado por R$7,00 e o mais alto por R$78,00. Lembrando que pode ser achado em pílulas ou gotas.

Como tomar a Amoxicilina

Pode ser administrado em adultos e idosos e indicado é que tomem uma dose de 250mg de oito em oito horas, 3 vezes ao dia. A dose pode ser aumentada para 500mg, mas só sob indicação médica. Já para crianças de até dez anos, a dose sugerida é a metade da que se recomenda para um adulto, sempre segundo prescrição médica.

Efeitos colaterais da Amoxicilina

Existem alguns poucos efeitos colaterais, mas que não têm muitos relatos de tais acontecimentos. Há apenas 3% de casos relatados, segundo a Anvisa, dos pacientes que tiveram algum incômodo devido ao uso do medicamento, o que é um índice bem baixo. Os efeitos colaterais mais habituais são náuseas, cólicas, diarreia, candidíase vaginal e urticária. Entre os efeitos colaterais que não são tão comuns existem vertigem, confusão mental, ansiedade e agitação. Além de bolinhas vermelhas, vermelhidão e coceira na pele.

Composição da Amoxilina

É sempre muito válido lembrar que para dar início no uso deste remédio é bom que quem o consumir verifique bem se não possui algum tipo de hipersensibilidade em relação a algum dos componentes apresentados, pois pode acabar sendo muito prejudicial a saúde e se esse for o caso sempre procure um médico que dê uma boa orientação sobre as medidas preventivas contra qualquer reação negativa causada pelo mesmo. Os componentes são:

Amoxicilina – 500 mg cada cápsula

Excipientes:laurisulfato de sódio, croscarmelose sódica, dióxido de silício, estearato de magnésio e celulose microcristalina.

Quantas Estrelas Vale Este Artigo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 4,50 out of 5)

Loading...

Talvez você se interesse por:

Este artigo foi lhe útil? Clique no G+1. É muito importante para nós!